terça-feira, 7 de outubro de 2008

Alegoria de Morte Celebrada

Morte celebra vida,
vida celebra morte.
Vida mata morte,
morte não mata vida,
se vida, vida, vida.

Mata a morte,
celebra a vida,
celebra a vida,
vida... vida...
até que a morte
morra sufocada.

Um brinde a morte,
que já se vai tarde,
sebo nas canelas
vai buscar mais vida.

Pois que a morte
pode estar dormindo,
um traiçoeiro sono
de espreita astúcia.

Nem de overdose
mata-se a morte,
de felicidade, sorriso,
ou sorte?

Celebra a vida,
Vida... vida...
até que a morte
morra sufocada.

Sebo nas canelas
vai buscar mais vida,
antes que do sono traiçoeiro
acorde.

2 comentários:

Robson Luis disse...

Sebo nas canelas
vai buscar mais vida,
antes que do sono traiçoeiro
acorde.........


é bom de maissssss......

Jorge Silva disse...

A vida segue seu curso com qualquer recurso...